INATEL PRIMAVERA - OEIRAS 17MAR a 22MAR.24





17 MAR a 22 MAR 24 | 6 dias
Partidas:

VIANA DO CASTELO | PORTO | AVEIRO

410€
Preço desde

Itinerário Download PDF


Situada a dois passos da Capital, debruçada sobre o estuário do Tejo, com vista para o Bugio e Mar da Palha, a Unidade INATEL Oeiras, bem próxima de Lisboa, permite aliar umas férias calmas e reconfortantes ao privilégio do acesso rápido à vida cosmopolita. Oeiras ganhou fama no séc. XVIII, quando o Marquês de Pombal aí mandou construir a sua residência de campo, um acolhedor palácio, visitado e admirado pela própria família real. Devido à sua localização a unidade Inatel Oeiras oferece excelentes oportunidades e condições para conciliar trabalho e lazer, em ambiente agradável e sossegado.
 
1º DIA – CIDADES DE ORIGEM | OEIRAS
Saída com destino a Oeiras. Refeições livres em circuito. Chegada ao hotel para jantar. Reunião de boas-vindas e apresentação do programa e da região. Alojamento.
 
2º DIA – OEIRAS | BOCA DO INFERNO | CASCAIS | ESTORIL | OEIRAS | PRAÇA DO COMERCIO (LISBOA) | ROSSIO | OEIRAS 
Circuito em autocarro pela Boca do Inferno, Cascais e Estoril. Assista ao espetáculo das águas que se chocam contra os rochedos da Boca do Inferno e continue entre Cascais e Estoril. Localizadas na costa a norte de Lisboa, tornaram-se os locais mais cosmopolitas e turísticos de Portugal, a partir do momento em que o rei D. Luís I escolheu a baía para sua residência de verão, no final do séc. XIX. Regresso. Almoço. Saída para Lisboa. Paragem na Praça do Comércio para visita ao Lisboa Story Centre – Memórias da Cidade. A exposição conta a história da cidade de Lisboa desde a fundação até ao século XXI. A apresentação recorre a suportes de multimédia, à reconstituição de contextos, a réplicas de embarcações, a manequins trajados e à impressão em grande escala de mapas e figuras de época. Durante o percurso assiste-se à apresentação de um filme que evoca o terramoto e o tsunami de 1755. A visita é orientada por um audioguia que funciona automaticamente ao ritmo de cada visitante. Após visita, paragem no Centro Tejo na Estação Fluvial Sul Sueste. Aqui é feita uma apresentação multimédia de interpretação, apreciação e sensibilização ambiental das duas margens do rio e que mostra vários locais de onde poderá descobrir diferentes vistas de Lisboa e saber mais sobre o Tejo e a sua vivência. Continuação de passeio pelo Arco e Rua Augusta até ao Rossio. Tempo livre. Regresso. Jantar. Noite livre e alojamento.
 
3º DIA – OEIRAS | PALÁCIO MARQUES DE POMBAL (JARDINS) | OEIRAS | ALCÂNTARA | BELÉM | OEIRAS
Saída para visita aos Jardins do Palácio Marquês do Pombal. Estes jardins caracterizam-se por possuírem elementos arquitetónicos e artísticos (estuques, azulejos, estátuas, etc.) raros e de grande beleza. Tempo livre. Regresso. Almoço. Saída para Alcântara. Visita guiada ao Museu do Oriente. Instalado no edifício Pedro Álvares Cabral, na Avenida de Brasília, em Alcântara, este museu é o testemunho das relações históricas entre a Ásia e Portugal. Estão patentes as exposições “Presença Portuguesa na Ásia” e “Japão: Festas e Rituais”. Após visita, pequena paragem em Belém para visita livre ao CCB (Centro Cultural de Belém) ou provar os famosos Pastéis de Belém. Tempo livre. Regresso. Jantar. Noite de música ao vivo. Alojamento.
 
4º DIA – OEIRAS | VIALONGA | OEIRAS | CHIADO | OEIRAS
Saída para visita com técnico especializado à Cervejeira de Vialonga. A visita conta com o apoio de um moderno sistema de áudio estereo hi-fi, que permitirá ouvir a explicação do técnico com clareza. Situada a 20 km de Lisboa, na estrada da alfarrobeira, em Vialonga, concelho Vila Franca de Xira, este espaço tem como atividade principal a produção, comercialização e distribuição de cervejas, sidras, águas e refrigerantes e é a Cervejeira mais prestigiada do nosso país. Conheça os processos de fabrico e o rigoroso controle de qualidade na única unidade no país a ter uma Malteria integrada. Regresso. Almoço. Saída para Lisboa (Chiado). Visita guiada ao Museu Arqueológico do Carmo. Construída sobre a colina fronteira ao castelo de S. Jorge, pela sua grandeza e monumentalidade, rivalizava com a Sé de Lisboa e com o Convento de S. Francisco da mesma cidade, encontramos a Igreja do Carmo. O Museu Arqueológico do Carmo, aqui instalado, foi fundado em 1864, nasceu dos objectivos de salvaguarda do património nacional que se ia delapidando e deteriorando, em consequência da extinção das Ordens Religiosas e dos inúmeros estragos infligidos durante as Invasões Francesas e as Guerras Liberais. Após visita, pequeno circuito na Baixa de Lisboa. Tempo livre. Regresso. Jantar. Noite livre. Alojamento.
 
5º DIA – OEIRAS | SACAVÉM | OEIRAS | CAMPO GRANDE | CAMPO PEQUENO | OEIRAS
Saída para visita ao Museu da Cerâmica de Sacavém. Distinguido em 2002 com o Prémio Luigi Micheletti, o Museu de Cerâmica de Sacavém é um espaço de valorização, salvaguarda e divulgação do legado da Fábrica de Loiça de Sacavém e encontra-se instalado num edifício construído de raiz, nos antigos terrenos da fábrica. Regresso. Almoço. Saída para Campo Grande. Visita guiada ao Museu da Cidade – Palácio Pimenta. Este espaço dá a conhecer a evolução da cidade de Lisboa, desde a ocupação do território durante a pré-história até finais do século XX. O núcleo está instalado num palácio de veraneio da primeira metade do século XVIII, enquadrado pelo que resta de uma antiga quinta senhorial. O conjunto integra ainda uma área ajardinada que ocupa outras zonas distintas da antiga propriedade: o jardim formal murado e a mata. Os jardins foram valorizados com esculturas e outros elementos do acervo e acolhem um projeto da artista plástica Joana Vasconcelos, integrando cerâmicas desenhadas por Rafael Bordalo Pinheiro. Após visita continuação até ao Campo Pequeno. Situado no coração de Lisboa, o Campo Pequeno é um edifício emblemático da cidade desde 1892, com uma arquitetura ímpar de estilo neo-árabe. Classificado pela Direcção-Geral do Património Cultural, como Imóvel de Interesse Público, é um dos ex-libris da capital pelo seu valor cultural e emocional e é agora um espaço multiusos para espetáculos e eventos e foi dotado com outras áreas: restaurantes com esplanada, um museu, um parque de estacionamento subterrâneo e um centro comercial com uma área de restauração, um supermercado, salas de cinema e acesso direto ao metropolitano. Tempo livre. Regresso. Jantar. Noite de música para dançar. Alojamento.
 
6º DIA – OEIRAS | CIDADES DE ORIGEM
Regresso com refeições livres em circuito.
 
Nota1: Programa sujeito a alterações;
Nota2: O alojamento em quartos tipologia Standard-Plus: com internet e ar condicionado.
 
Mínimo de 36 participantes.

 

Inclui


  • 6 dias/ 5 noites de alojamento no INATEL Oeiras;
  • refeições na unidade hoteleira: 4 almoços e 5 jantares sem bebidas incluídas;
  • 8 passeios turísticos, conforme itinerário;
  • 2 animações musicais ao vivo;
  • transporte em autocarro;
  • assistente acompanhante;
  • seguro de viagem.

 

Não inclui


  • refeições durantes os transferes;
  • bebidas às refeições;
  • transporte aéreo com origem nas ilhas;
  • taxa de reserva (10€);
  • quaisquer serviços não mencionados.
 

Locais partida


VIANA DO CASTELO | PORTO | AVEIRO

Condições Gerais


RESUMO:

A combinação de serviços de viagem que lhe é proposta constitui uma viagem organizada nos termos do Decreto-Lei nº 17/2018, de 08 de março. A inscrição em qualquer destas viagens implica a adesão total às condições abaixo mencionadas. 

ORGANIZAÇÃO
A organização das viagens é da INATEL Turismo (marca registada da Fundação INATEL), com sede na Calçada de Sant’Ana, n. º180, Lisboa, contribuinte fiscal no 500 122 237, RNAVT nº 2954.
 
RESPONSABILIDADE 
A Fundação INATEL é responsável pela correta execução de todos os serviços incluídos no contrato de viagem. Nas viagens organizadas, a INATEL é responsável perante os participantes, ainda que os serviços sejam executados por terceiros, e sem prejuízo do direito de regresso, nos termos gerais aplicáveis. A INATEL não é responsável por erros na reserva que sejam imputáveis ao participante ou que sejam causados por circunstâncias inevitáveis e excecionais. É da exclusiva responsabilidade dos participantes a correta informação e a verificação dos nomes constantes na reserva, os quais deverão corresponder aos documentos de identificação, bem como a conferência dos documentos da viagem. 
 
SEGURO
Os participantes nas viagens organizadas pela Fundação INATEL encontram-se garantidos por seguro de responsabilidade civil, nos termos da legislação em vigor. Adicionalmente, os participantes estão cobertos por um seguro de acidentes pessoais, de acordo com as condições da respetiva apólice. Consulte as garantias de proteção previstas na sua viagem. No ato de inscrição o participante pode solicitar o alargamento da cobertura do seu seguro de viagem para riscos extra e adicionais que considere relevantes (cancelamento de viagem; perda ou extravio de bagagem, e outros), suportando os encargos correspondentes. 
 
PAGAMENTOS | TAXA DE RESERVA
Todas as reservas apenas serão consideradas efetivas após a sinalização ou liquidação dentro dos prazos estabelecidos. 
• No ato da inscrição deverá ser pago 25% do valor total da viagem acrescido da taxa de serviço de reserva no valor de 10€, e o restante pagamento, 30 dias antes da data de partida. 
• Portal de viagens INATEL – Todas as reservas efetuadas no portal estão isentas da taxa de serviço de reserva, obrigando a uma sinalização de 40% do total da viagem no ato da reserva e ao pagamento total 60 dias antes. 
A INATEL reserva-se o direito de anular qualquer inscrição cujo pagamento não esteja em conformidade com o exposto ou quando existam razões justificadas.
 
ALTERAÇÕES
Todas as alterações às reservas confirmadas inicialmente, (retificação de nomes, datas, tipo de alojamento, viagem ou outra), implicam uma taxa de alteração de reserva de 10 €, acrescida dos encargos que a alteração origine junto dos fornecedores.
 
DESPESAS DE CANCELAMENTO
O participante pode rescindir o contrato da viagem, a todo o tempo, antes do início da viagem, assumindo a responsabilidade pelo pagamento da taxa de rescisão, estabelecida no contrato ou na ausência desta informação, o pagamento do preço da viagem, deduzido dos encargos resultantes da anulação ou reafectação dos serviços da viagem. Quando seja caso disso, o participante será reembolsado pela diferença entre a quantia paga, deduzida da taxa de rescisão e todos os encargos, devidamente justificados. A Fundação efetuará todas as diligências possíveis para minimizar os custos de cancelamento, nomeadamente os causados por doença. 
 
CONDIÇÕES DE CANCELAMENTO DE RESERVA 
- Até 30 dias antes da data da partida: €10 (taxa de reserva);
- Entre 29 e 15 dias antes da data da partida: 10% do valor por pessoa
- Entre 14 e 5 dias antes data da partida: 15%
- Até 4 dias antes, incluindo a não comparência: perda total, deduzido de possíveis custos reembolsáveis;
 
DOCUMENTAÇÃO
Os participantes deverão possuir toda a sua documentação pessoal regularizada (B.I., cartão de cidadão ou passaporte, com validade mínima exigida, alguns países exigem passaportes com validade mínima de 6 meses, autorizações para menores, vistos de entrada, certificados de vacinas ou outros exigidos). Cédulas ou assentos de nascimento não são válidas como documento de viagem. A INATEL declina qualquer responsabilidade pelo impedimento de participação na viagem por apresentação de documentos inválidos ou esquecimento, bem como outras razões de ordem particular, sendo por conta do participante qualquer gasto que daqui possa decorrer. Em viagens na UE, para obtenção de assistência médica, cada participante deverá ser portador do Cartão Europeu de Seguro de Doença. Os nacionais de países estrangeiros devem consultar informação especifica quanto à documentação necessária para a realização da viagem junto das embaixadas/consulados dos países de origem.  
 
PREÇO
Os preços mencionados são válidos para associados INATEL. Para não associados, acresce uma taxa de 20 € por pessoa.
 
ALTERAÇÃO AO PREÇO
Os preços constantes do programa, incluindo taxas de aeroporto e portuárias, estão baseados nos custos dos serviços e câmbios vigentes à data de impressão, pelo que estão sujeitos a alterações nos termos legais (aumento ou redução de preço) que resultem de variações no custo dos transportes ou do combustível, impostos, taxas e flutuações cambiais, até 20 dias antes da data da viagem. 
 
OUTRAS CONDIÇÕES
• Passagens aéreas: após emitidas, não são passíveis de alteração e reembolso;
• Os horários de voos estão sujeitos a reconfirmação. É da responsabilidade do cliente a verificação dos horários da sua viagem;
• A ordem do percurso do programa pode ser alterada e qualquer dos hotéis previstos pode ser substituído por outro de categoria similar. A categoria dos hotéis mencionada é determinada pela legislação do país de acolhimento;
• Os preços constantes dos programas estão sujeitos a alterações de acordo com a lei. Sempre que se verifique uma alteração ao preço, o participante será imediatamente informado e convidado a, dentro do prazo que lhe for fixado, aceitar o aumento verificado ou anular a sua inscrição;
• Caso não seja atingido o número mínimo de participantes exigido, a Fundação INATEL, poderá cancelar a viagem, nos termos da lei, notificando o participante, com pelo menos, 48 horas, 7 ou 20 dias de antecedência, dependendo da duração da viagem;
• Horários e Nº de Lugar: é da exclusiva responsabilidade dos participantes a falta de pontualidade a todas as horas de partida; os horários indicados nos programas são aproximados, ressalvando-se quaisquer atrasos por motivos alheios; A numeração atribuída no recibo entregue ao participante poderá não se revestir de carácter fixo, podendo existir rotatividade de lugares;
• O tratamento dos dados pessoais dos clientes é realizado no estrito cumprimento da legislação de proteção de dados pessoais nos termos da lei. Para mais informação consultar o portal INATEL www.inatel.pt sobre politica de privacidade.
 
• Nos termos da Lei n.º 144/2015 de 8 de setembro, informamos que o cliente poderá recorrer às seguintes Entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo:
a) Provedor da Fundação INATEL;
b) Comissão Arbitral do Turismo de Portugal em www.turismodeportugal.pt;
c) Ou a qualquer uma das entidades devidamente indicadas na lista disponibilizada pela Direção Geral do Consumidor em http://www.consumidor.pt.
 
O presente resumo de condições gerais não dispensa a leitura atenta das condições gerais na íntegra, mencionados na brochura INATEL e Portal de Viagens.
 
Para outras informações, consultar as Condições Gerais INATEL e/ou o programa detalhado da viagem.